23 de fev de 2012

Céu

Bom, há um tempo já que eu venho postando menos, isso é verdade. Mas tirando os problemas emocionais, ontem eu comecei a trabalhar, e meu dia já ficou mais puxado. Sim, eu estou trabalhando na prefeitura e tudo mais, então chega de noite e eu já estou completamente morto. E adivinhem? Segunda-feira minha faculdade começa. Eu vou estudar durando a manhã e trabalharei à tarde. Realmente, postar aqui vai ser menos frequente do que já era antes, mas não deixarei abandonado, não dessa vez.
Vim apenas pra deixar esse comentário, porque estou caindo de sono. Vou também deixar uma recomendação: Heaven, da Ailee, uma música que não paro de escutar nesses últimos dias. Espero que curtam, até a próxima. 


21 de fev de 2012

1 mês.

Hoje, ou ontem porque já passou da meia noite, fez um mês que estou com uma pessoa muito especial. Dia 20, pra ser exato. E só queria deixar aqui um pedaço do meu carinho, porque não consigo descrever tudo. É incrível a maneira que eu gosto de ti, o jeito que tu me deixa. Eu simplesmente te amo :3~ 




Vinícius. ♥

19 de fev de 2012

A Música da Cigarra.

Se você trabalhar e trabalhar, não achará felicidade
O hoje não volta
Nesse ponto, o tempo já...
Vamos lá, acorde!

Jogue fora a falsa esperança
De ser desse jeito ou daquele
Se você só lutar e discutir o tempo todo
Vai cansar

As pessoas enlouquecem por causa da competição 
Estão presos nas mesmas restrições
São enterrados sem ninguém saber
Vamos lá, acorde!

Jogue fora todas as teorias falsas
Que são dificilmente empacotadas
Se você só beijar e arrumar as coisas o tempo todo
Vai enlouquecer

Ring Ring Ring 
Ring Ring Ring
Apenas cantando e batendo palmas
Eu quero rir enquanto vivo

Ring Ring Ring
É um eco de querer viver pacificamente
Ring Ring Ring
É a melodia de você e eu querendo rir
Ring Ring Ring
É uma miragem de uma felicidade intocável
Ring Ring Ring
É um mundo tonto que gira e gira

Levante a cabeça, ninguém se importa
Ninguém está acima de você
Não há porque olhar cautelosamente
Vamos lá, acorde!

Todos que viraram pecadores
E dançaram e brincaram
Aqui, aqui, venham e juntem-se aqui

Não importa o que digam
Você é mais legal
Você é legal por aproveita
Ao meu ver, você é mais legal
Vamos lá, deixe me entrar!

Conversando sobre isso ou aquilo
Fazendo parecer que vai acontecer
É apenas pra pessoas
Que estão cansando

Ring Ring Ring
Ring Ring Ring
Apenas cantando e batendo palmas 
Eu quero aproveitar enquanto eu vivo

Onde você está indo tão ocupado, o tempo está passando
Descanse e vamos juntos, vamos pacificamente
Tudo está ocupado e passando
Vamos apenas cantar, vamos apenas brincar
Por favor, recarregue a bateria!

Eu vivi como um idiota
Estava vivendo em um ninho de rato
Tudo está passando, passando, passando, o tempo perdido...

Ring Ring Ring
É um eco de querer viver pacificamente
Ring Ring Ring
É a melodia de você e eu querendo rir
Ring Ring Ring
É uma miragem de uma felicidade intocável
Ring Ring Ring
É um mundo tonto que gira e gira


Sunny Hill

18 de fev de 2012

Rabiscos

Por que essa dor de cabeça inútil não se cura?
Não há uma cicatriz externa, então por que dói tanto?
Como dominós cansados e infinitos
Não consigo controlar a tristeza que cada vez aumenta mais...


Quando penso em você, que me deixou, eu me seguro, me seguro
Mas lágrimas continuam caindo, continuo explodindo
As memórias que escreveste continuam em meu coração
Não importa o quanto eu tente, não consigo apagar estes rabiscos...


No meu coração (no meu coração)
No meu coração (tu estás lá)
Só tu estas escrito
O que fazer? (o que fazer?)
O que eu faço? (não consigo apagar)
Te apagar não é algo que consiga fazer...


Serei capaz de te apagar? De te esquecer?
Serei capaz de te apagar? De te esquecer?
Serei capaz de apagar os rabiscos dessas memórias?


Não posso te deixar - mesmo que eu diga esse monólogo
Tu não podes ouvir, não podes.


Agora até ir à boate não é divertido
Já não há alguém que meus olhos se direcionem, como antes
Minha dor inútil é maior do que eu imaginava
Eu tento apagar os rabiscos das memórias e só consigo cicatrizes...


Sem ti eu não consigo me divertir
Sem ti eu não tenho razão para viver
Sem ti eu não tenho coragem de viver!


Agora todas as músicas que ouço
Parecem a minha história
Eu canto sozinho e minhas lágrimas guardadas caem novamente.




MBLAQ

17 de fev de 2012

Nós nos amávamos

Nós nos amávamos, por favor não me faça chorar
Pra mim só há você
Quando fecho os olhos, te enxergo - quando tampo as orelhas, te escuto
Por favor não me deixe


A pessoa que virou a luz da minha vida escura, tão preciosa
Os dias passam, e eu me estendo por você, mesmo enquanto canto essa música


Talvez voltes, e por causa disso hoje novamento eu lhe aguardo
Tu não sabes, não sabes o tamanho do meu sofrimento, mesmo enquanto canto essa música


Se eu tivesse que escolher entre ti e o mundo
Mesmo que tudo seja tirado de mim, se eu estiver contigo está tudo bem
Dia ou noite, estou com sede de amor
Minha promessa de te esquecer me faz chorar novamente, consegues me escutar?
A única coisa que quero de ti é tu mesmo
Sem ti não consigo fazer nada
Se escutares essa canção, por favor retorne, volte pra mim


Quanto mais eu amo, mais me machuco
Pra mim só há você
Nós nos amávamos, por favor não me faça chorar
Por favor não me deixe


No final, tu foges e me deixas de lado
Eu joguei meu orgulho fora e que nem louco, te segui
Mas meu coração me disse
Pra não te perder, pois és único no mundo
Eu fingia sorrir, fingia estar bem
Esta é a última música que cantarei pra ti
Por favor, não me deixe.




T-ara

Notícias.

Vamos lá, vamos lá
Notícias de término, finalmente. Oops!
Eu te amo, apenas pare por aqui
Eventualmente a hora chegou, é tempo de te deixar
Pronto? Estou pronto, estou pronto, hey!


Eu acenei, te dei um beijo de tchau
E provei uma lágrima única
Por causa dessa burrice suja de não querer ser pego
Eu simplesmente fingi ser legal


Tu perguntas se estou bem, tu finges não saber e pergunta novamente
Tu pensas que isso faz sentido?
Tu perguntas se estou bem... Bem, o que tu achas? 
Estás mesmo perguntando porque queres saber?


Tu és tão típico, o mesmo, não há chances de teres mudado
Fingiste que era melhor até o fim
Nós somos tão típicos, não há jeito de terminarmos bem
Esse término é tão tumultuado


Eu não tenho nada a te dizer, não chegue perto de mim
Eu te odeio, tu me levas à loucura
Eventualmente a hora chegou, é tempo de te deixar
Pronto? Estou pronto, estou pronto, hey!


A raiva está engolindo minhas lágrimas
Mas está voltando, me deixando a ponto de chorar
Tu perguntas se estou bem... Bem, o que tu achas? 
Estás mesmo perguntando porque queres saber?


Fingindo ter tudo, fingindo ser legal
Cada momento, cada hora, são mentiras, mentiras!
É inacreditável, inacreditável! 
Hey, me dê meus bens!


Tu és tão típico, tu és o mesmo
Tudo que fizeste sempre se tornou culpa minha
A partir de agora, te amaldiçoarei e tudo que fizeres,
Não me sentirei culpado por isso.




Nine Muses

14 de fev de 2012

Love?


Happy Valentine's Day for you all. Even if I started to doubt that love really exists. 

10 de fev de 2012

The End

Eu quero que a vida acabe de uma vez :) 

5 de fev de 2012

Drama

Hoje venho deixar uma recomendação. O MV (Music Video) que deixo abaixo é da minha girl group preferida, chamada T-ara. Cry Cry é a primeira de duas partes de um pequeno drama em forma de clipe musical, o qual recomendo muito. A música é ótima, a atriz, Park JiYeon, é muito boa e a qualidade da filmagem e produção surpreendem. Fica aqui então minha dica.



E pra quem quiser saber como termina essa história, deixarei aqui a segunda parte, que é o MV da música Lovey Dovey. Apesar da história se desenrolar bem e a música ser vezes melhor, a atriz (Lee Qri) deixa muito a desejar. O final é surpreendente e muito emocionante.

3 de fev de 2012

Vida

Ser kpopper não é fácil. Nascer no Brasil e ser fã dos nossos adorados ídolos coreanos é uma tarefa um tanto quanto difícil, se tu for parar pra pensar na distância, na dificuldade de manter contato ou presenciar um show, no preço super alto de se comprar um pôster apenas, quanto mais um cd. Sim, é muito difícil, mas nunca senti tanta alegria ao ver uma simples foto de uma famosa, quanto mais explodir ao ver meu grupo preferido apresentar aquela música que eu gosto tanto. Comprar todos os cds, encher o quarto de pôsteres, passar o dia mandando frases sem sentido no twitter a espera de uma resposta, colecionar todas as fotos, acompanhar todas as saídas, sentir ciúmes a cada momento, chorar de tristeza, chorar de alegria, aprender todas as coreografias, enfim. Amar kpop e seus groups lindos e divinos é como ter um turbilhão de emoções. Cada dia uma reação, um novo amor, uma alegria, uma tristeza. Grupos lançam-se, grupos terminam, integrantes adoecem, há brigas, processos, mas é um universo que fico muito feliz de ter encontrado e me integrado, e do qual não quero me desprender nunca mais.

Teria muito mais a dizer sobre kpop, que é minha vida, mas fiz esse resumo por causa da minha felicidade extrema que está aflorando. Ontem estava a perder meu tempo no twitter, como faço todos os dias, e resolvi mandar uma mention pra Lim, do grupo Wonder Girls, sem esperanças. E adivinhem? Ela me respondeu. Exatamente, imaginem meu choro de alegria, misturado com gritos e pulos todos ao mesmo tempo. Não é lindo? Uma simples frase pode fazer isso comigo. 


Minha Lim, eu te amo. ♥

2 de fev de 2012

I'm So Bad

Quando você segura minha mão ou me abraça
Eu não sinto mais nada
Oh, diga adeus.

Eu sou tão mau... Mesmo que me critiquem, eu vou terminar com você
Eu mudei, não gosto mais da tua mão me tocando.
Eu sou tão mau...Todas tuas ações me incomodam
Acabou, não tem mais solução
Oh, oh.

Não gosto mais de ti, tu te tornastes odiável
Não preciso entender
Oh, diga adeus.

Mesmo que eu não diga, mesmo que não demonstre, é minha intuição
Mesmo quando seguras minha mão, quando me abraças, tu és uma pedra
Por causa do meu orgulho estou te esculachando, mas não quero terminar
Talvez eu largue esse orgulho e continue contigo
Porque tenho medo de nunca mais vê-lo se te deixar assim...

Tu és tão mal, vi uma conversa tua com teu amigo
Disseste que não me considera mais teu homem
Tu és tão mal, continuo te amando tanto, mas
Mudaste tanto... Por isso serei o primeiro a sair dessa relação
Oh, eu sou tão mau.



T-ara. 

1 de fev de 2012

Jogo da Vida

Acho tudo isso engraçado. Somos meros brinquedos sendo usados nesse jogo chamado vida. Rondamos, andamos, perduramos em algo, e nunca chegaremos a lugar nenhum, porque a morte nos espera. Alguns são de um nível superior e conseguem brincar com os outros brinquedos, mesmo sendo brinquedos também. Sendo assim eu, e mais alguns brinquedos inferiores somos manipulados por outros. Sofremos, ficamos estagnados na mesma fase, mas sempre tem um check point. Mas tudo bem esse jogo. Brincar é divertido, eu adoro. Só me intriga o fato de que ninguém sai vitorioso. Ser feliz ou infeliz na vida é indiferente, porque ela vai acabar de qualquer jeito. Quando tu menos esperar, estando no nível 1 ou no 10, alguém pode puxar a tomada e desligar o jogo. Não tem memory card, e o teu jogo não fica salvo. Acabou. E as pessoas que ficam? Quando eu penso na minha morte, o que eu mais queria era poder ver a reação dos restantes. Alguém sentirá minha falta? Alguém chorará por mim, fará uma homenagem? Alguém morreria por mim, ou talvez comigo? Ou será que teria uma pessoa rindo, ou até comemorando? Admito, eu tenho vontade de morrer e voltar pra ver essa cena. Até porque morrer é só uma certeza, então se isso me acontecesse hoje, amanhã, daqui a 10 ou 40 anos, não me faria diferença.