18 de ago de 2009

A Garota no Oceano

Não, ela não sabia mais o que fazer. Sim, ela havia enjoado de ser trouxa. Cada dia que passava ela se sentia mais próxima dele, e isso era tudo que ela NÃO queria. Uma amizade com ele, agora, era crucialmente fatal. E além disso, ela se sentia mal com a situação. Faria tudo que ele quisesse. Mas ele não percebia.
Ele a fazia muito bem. A deixava muito feliz. Mas com essa felicidade toda, acabaram por vir sentimentos que ela não desejava, mas que não podia evitar.
Sim, ele é o único que a faz chorar todas as noites. Sim ele é o único que a fez brigar com todos os amigos. Sim ele é o único que a maguou, mesmo sem saber, quando ficou com outra na frente dela, de propósito.
Agora ela chegou num ponto, em que vê-lo todo dia não está bastando. Ela queria mais. Ela sempre quis mais, e sempre quererá mais. Muito mais. Mais atenção, mais carinho, mais afeto, mais abraços, mais tudo. E sempre teve de menos em relação a ele.
Seu amado garoto sempre deu mais atenção aos amigos e as outras garotas. E que sempre que ela tentou abrir seu coração, foi ignorada, rejeitada, deixada de lado.
E mesmo assim, com todos esses empecilhos, todos os problemas, tudo que está acontecendo no momento, ela ama seu Papai Noel.
Porém, ela se vê perdida no oceano. Um oceano de lágrimas que não param de correr.

*texto escrito por Takeshi Engelke.
PS: meu primeiro texto *-* escrevi ele na aula de religião hoje u_u
PS²: Não tentem entender esse texto, é só uma criação .-.

3 comentários:

  1. Takeshi, parabéns muito bom o texto :P
    Existe pessoas que realmente não sabem quem somos de verdade, o amor esta tão na cara e elas realmente não percebem, é dificil isso :x

    ResponderExcluir
  2. Takeshi, como sempre vc me surpreende, como sempre te admiro e cada dia, sei mais de vc mesmo estando tão longe.....adoro seu blog, adoro seus posts.....Lauhhh

    ResponderExcluir
  3. CONTINUAAA, CONTINUAAA [50 vezes]

    Eu gostei, por que eu já passei por isso...

    Beijão Takeshi, tou ansiosa pra ler seu quadro lá no Mundo Gusta!

    ResponderExcluir