25 de jan de 2012

Redemoinho.

Eu nunca quis. Continuo não querendo. Não quero passar minha vida toda sem fazer diferença. pra alguém. Que claro, não seja minha mãe. Eu penso, e por mais que eu tente, não consigo entender as pessoas. Não estou dizendo que sou um ótimo amigo, e que todos deveriam me amar ou algo do tipo. Mas ninguém parece se importar com muito do que eu faço, digo, penso.
Me pego pensando o que faço de errado. E não faço nada errado. Mas, pelo que entendi, não faço nada certo também. E entro em um processo contínuo de conversão de ideias e pensamentos, onde tento entender o que é uma amizade.
Procurei o dicionário. Olha o que ele me disse:

1. Aquele que tem com alguém uma relação de amizade.
Ok, até aqui todos entendemos.

2. Partidário, simpatizante.
Beleza, não é difícil encontrar alguém assim.

3. Admirador, apreciador.
Quantos dos teus amigos te admiram por seus feitos, por suas qualidades? E quantos deles apreciam o seu melhor lado?

4. Defensor, protetor.
Ah, aqui. Amigo, você é uma ótima pessoa. Mas de que adianta eu não te ter em todas as horas, inclusive nas piores? Quero alguém que me proteja, que esteja sempre ao meu lado, mesmo quando eu estiver errado. Mas que me mostre meu erro de uma forma amiga de ser.

5. Aliado, cúmplice.
Sim, cúmplice. Confidente. Quantos dos meus amigos sabem todos meus segredos e mesmo assim continuam estando do meu lado, lutando comigo? Pois é.

6. Amante.
Essa é a palavra mais bonita de todas. Isso prova que amor de amigo, é amor.

Em resumo, amigo é aquela pessoa, que tu ama e que te ama, do jeito que vocês forem, e independente de qualquer coisa lutarão juntos pelo ou contra o que for preciso. Amigos. Lindo não? Talvez. Hoje, quantas pessoas são consideradas nossas amigas, sem nem ao menos demonstrar 1 desses itens? Ok, ok, passamos a dividir amigos e melhores amigos. Mas há tantos melhores amigos que não chegam nem perto da definição de amigo...
Pois é. Que dificuldade. Meu cérebro explode. E toda vez que penso nisso, chego a uma dolorosa conclusão: Deixar assim mesmo. Até porque a maioria das pessoas não tem a mesma consideração recíproca. Não é mesmo? Mas não é fácil assim. A vida já não é fácil. Quando tu tem que passar momentos difíceis, e sem ninguém, a vida pode ser um completo inferno. Aí entram os amigos. Mas que amigos? Volto ao mesmo redemoinho de pensamentos, e se eu não terminar por aqui, ficaria escrevendo pra sempre.

Nenhum comentário:

Postar um comentário