16 de jul de 2009

ooi . er

Ooi !! Entãao, estou me sentindo meio feliz. É estranho isso. Porque geralmente eu me sinto infeliz, um inútil, sem nada pra fazer, uma reles pessoa que não tem futuro. Eu quero ajudar o mundo a mudar. Eu sou jovem, eu sou o futuro do país. Se eu não mudar esse país quem mudará? Eu não posso fazer nada ainda, mas ano que vem eu voto. E enquanto isso não acontece, eu vou fazendo do meu jeito. Colocando papel no lixo, preservando o meio ambiente. Você já parou pra pensar o que seria se todos jogassem 3 papéis de bala por dia no chão? Sim, o mundo já estaria em lixo. E ele vai ficar assim um dia, nadaremos em lixo, não teremos comida e água. Isso vai demorar um tempinho pra acontecer, e provavelmente não me afetará. Mas e meus filhos e netos? Sim eu pretendo casar, ter filhos, netos, e quero que eles vivam em mundo não poluído, mas sim muito bonito, que eles tenham uma vida saudável que nem eu estou tendo agora. Mas isso depende de quem? De mim, sim. Mas eu faço a minha parte. Você faz a sua?
Mudando um pouco de assunto, eu ultimamente estou numa crise sobre amigos. Será que eles confiam mesmo em mim, assim como eu confio neles? O que é um amigo? Será que verdadeiros amigos existem, ou isso é uma farsa imposta pela sociedade? E se verdadeiros amigos existem, você parou pra pensar se eles são mesmo aquilo que você vê ou se eles estão sendo falsos só pra ter a sua "amizade"? Cadê aquele amigo perfeito, que te liga, te visita quando você tá doente, que te conta segredos, que percebe quando você está pra baixo, que te dá a cumplicidade, que te oferece carinho, lhe dá um abraço num dia ruim? Não issó não é coisa de amigo gay não, pra você ver outro tabu imposto pela sociedade. Agora um amigo não merece um abraço porque ele é homem e você também? Isso é uma coisa ridícula. E sim, essas coisas me estressam. Me disseram que pra ser amigo não precisa ligar, ou fazer uma visita. Tá eu sei, porque eu tenho VÁRIOS amigos e nenhum deles faz isso. Mas e meus verdadeiros amigos? Aí que eu digo. Amigos eu tenho vários, mas e amigos do peito? Aqueles que você quer levar até a morte, e que se mataria por eles? Eu estou chegando a conclusão de que eles na verdade não existem. Eu atualmente tenho apenas um amigo do qual eu possa dizer que confio. Eu posso correr pra ele quando me sinto mal, e contar tudo que está me fazendo sofrer. Ele me dá ótimos conselhos, e muitas vezes as palavras dele me fizeram ganhar o dia. Mas me diz, trocar palavras, é sinal de confiança? Eu não sei o que ele realmente pensa. Na verdade eu não posso dizer que ele é meu verdadeiro amigo, só por ele me ouvir quando eu preciso. E um amigo é aquele que não fala comigo, que me ignora por qualquer guria que passa na frente? Que mente, que engana, que fingi? Pois é, uma pessoa assim disse "mas eu não sou teu amigo"? Tá eu to exagerando um pouco hoje mas é que eu ando muito stressado. Ah! Uma coisa que me aliviou um pouco foi o grande convite da Dara-sama pra passar um tempo com ela no RJ, na casa dela. Isso me desestressou um pouco, principalmente pelo fato de que talvez eu vá mesmo :D Segunda é dia do amigo. E na escola tínhamos que escrever cartinhas pros amigos da escola. Tá eu escrevi, mas não desejei "feliz dia do amigo" pra ninguém. Eu estou só pagando pra ver se vou receber alguma cartinha. Hum, duvido. Mas eu escrevi né, porque eu gosto daquelas pessoas que eu passo um tempo durante a manhã, que me divertem, e que são minha razão de viver. Sim eu gosto delas. E mudando mais uma vez de assunto, eu acho que dessa vez eu to errando de novo. Eu estou me apegando demais ao meu irmão, assim como fiz com meu outro irmão. Eu antes era indiferente, queria ver ele, mas tudo bem a distância. Mas agora não, eu estou morrendo de saudades, eu estou louco pra ver ele e queria muito morar perto dele. Com meu outro irmão eu fiz a mesma coisa e logo eu estava viciado nele, só queria saber dele, morria por ele, amva ele de paixão, porque eu via que ele era meu irmão de verdade. Eu pensava nele o tempo todo, tudo me lembrava ele. E percebi que ele não gostava realmente de mim, que eu estava sendo trouxa, e que ele não queria nada comigo. E eu to vendo que agora eu estou tomando o mesmo rumo. Mas eu não consigo dizer não, eu não gosto dele, não eu não quero ver ele, não quero morar perto dele, não quero abraçar ele. Poxa ele é meu irmão! Mas essa história de irmãos só me ferra, e eu continuo nela. Isso que dá ser trouxa. Mas eu sou um trouxa feliz ;) Bom agora chega de escrever, acho que criei um baita texto. Mas pelo menos contei tudo que queria ^^
Abraços de um irmão mais novo que tem saudades de dois irmãos.

5 comentários:

  1. Menino
    te falar uma coisa vc não fica chatiado?
    Vc ta precisando de ir num psiquiatra, psicologo, terapeuta ou coisa parecida, serio mesmo, ja passei por isso, era só o começo, depois foi piorando. Mas para de pensar nessas coisas, o mundo é ruim sim, mas temos q pensar em coisas q nos deixam alegres para que possamos sobreviver nessa sociedade modelaval.

    Retribuindo a visita, passe no Palavras depois.
    bjos
    bom fds
    PS: não sou esculachadora de meninos =S

    ResponderExcluir
  2. Ual cara que textão, me perdi nele algumas vezes, mas CARACA! EU PENSO IGUAL!
    No que diz respeito a tudo que você disse... Tipo o meio ambiente e fim de tudo em lixo; os amigos, os amigos "amigos" (¬¬) e os amigos do peito *-*, cara você filosofou nessa parte.
    O unico ponto em que não me identifiquei foi na parte dos irmãos, mas é que eu nunca me dei muito certo com o meu. Nós não podemos estar no mesmo lugar porque senão dá choque =/
    Enfim... vc escreveu bem o que todo mundo deveria parar pra pensar (fato).

    E tipo, eu quebrei as regras e você pode pegar o selo no meu blog \o/


    P.S. Sim eu quebro regras, mas sou bonzinho u.u

    ResponderExcluir
  3. Nossa gente.... que texto gigante... me perdi um pouco, mas fiz questão de ler até o final e dizer que concordo com a Patrícia e com o Paulo... Você precisa de um psicológo e não está sozinho ao pensar na importância e até mesmo na função dos amigos, etc. Tá vendo só? Conquistou um selinho do Paulo! kk Parabéns pelo selo!! Bjão!

    ResponderExcluir
  4. Luiz,
    você precisa de amigos de verdade , cara.
    Não é querer contrariar, sabe ? Mas acho que psicólogos e psiquiatras são muito bem vindos, profissionais que merecem nosso respeito e admiração, contudo existem coisas que são supridas com calor humano, com atenção, com choro, sorriso e conversa franca.
    Você é um menino especial, querido.Meu adolescente preferido que prometeu na postagem que virá me visitar !

    É verdade?

    o/
    Beijos e sorrisos

    ResponderExcluir
  5. Eu concordo com a Dara. Não adianta você procurar um psicólogo. Você precisa de bons amigos. Sim eles existem, aqueles que são como irmãos.

    OBS: seus irmãos são estranhos, os meus também.

    Abraço

    ResponderExcluir